Passeio em família ás origens

Posso visitar as belas paisagens do Minho, vezes e vezes sem conta, sem nunca deixar de ficar maravilhada com a beleza natural do norte de Portugal. Perto, ou relativamente perto, de minha casa tenho as paisagens mais belas que alguém pode imaginar. Locais dignos de contos de fadas e das mais deslumbrantes pinturas. Sítios absolutamente mágicos perdidos no meio de uma variada palete de verdes … Continue a ler Passeio em família ás origens

Sinto tanto a tua falta

   Lembro-me com carinho dos nossos momentos como se ainda tivessem acontecido ontem. Quando me levavas pela mão a passear o cão, a um campo perto do bairro, enquanto assobiavas baixinho uma canção qualquer. Contavas-me histórias do passado com um sorriso no rosto e um brilho especial no olhar. Dizias-me como em pequeno como eu, jogavas futebol no recreio descalço, pois a bola era feita … Continue a ler Sinto tanto a tua falta

E o “Velhote” já tem meio século!

   Se há algo de que me posso orgulhar de dizer é que tive muita sorte quando há 20 anos, quase 21, vim ao mundo e, a partir desse dia, fui amada incondicionalmente por ele . Mesmo depois de descobrir que ele me deixou fugir dele no centro comercial, que o seu primeiro pensamento quando me conheceu foi : “Ai que coisa feia!”, sim, mesmo depois disso … Continue a ler E o “Velhote” já tem meio século!

A minha menina está tão crescida!

      Desde que me lembro que está ao meu lado. Acompanhou-me ao longo de vinte anos e meio e posso dizer que a nossa relação como a de quaisquer irmãos não foi uma linha reta harmoniosa. Houve alturas que só nos entendíamos à chapada (que irmãs seríamos sem desentendimentos). Houve alturas que ela me enganou (principalmente para ficar com os bonecos mais bonitos), … Continue a ler A minha menina está tão crescida!