Maquilhagem | Ao estilo da Audrey Hepburn

Para 2018, decidi que uma das minhas principais resoluções ou desejos era tomar melhor conta de mim e dedicar-me mais a fazer aquilo que gosto de modo a sentir-me bem comigo mesma. Parece uma resolução como qualquer outra? Pois bem, não é.

Terminei o ano de 2017 triste com o meu desleixo e não me sentia muito bem na minha própria pele. Cheguei a um ponto que nunca pensei algum dia chegar, que era olhar no espelho e não me sentir bem com aquilo que via no meu reflexo. Ninguém pode ser feliz assim, certo? Como é que eu cheguei a este ponto? Fácil! Eu simplesmente comia o que me apetecia e quanto me apetecia, sem ter cuidado nenhum e conformei-me. Sim, conformei-me com isso e tinha uma vozinha na minha cabeça que tentava criar mil e uma justificações e desculpas para os 12 quilos que ganhei no espaço de meio ano. Não há problema nenhum em eu estar gorduchinha, mas isso fez com que eu acabasse por não me sentir bem comigo e levou a que eu me preocupasse menos sobre como me vestia e como me arranjava de manhã. Toda aquele comportamento fazia com que tudo se arrastasse em efeito dominó e agora tive de dizer: basta. Pelo que este ano não há mas, nem meio mas. Não vai haver desculpas como: “mas a cama estava tão quentinha” ou “mas está frio lá fora”. Não, este ano não posso deixar que a preguiça e a conformação leve novamente a melhor sobre mim.

Não vou permitir voltar ao ponto em que simplesmente desisto de mim. Um dos passos para dar a volta a esta situação foi voltar a preocupar-me com a minha aparência e numa meditação profunda sobre o assunto, apercebi-me que algo que eu costumava fazer muito quando me sentia confiante com a minha imagem era maquilhar-me, algo que deixei de fazer com tanta frequência. Por isso decidi que o primeiro passo passaria por aí: voltar a praticar uma arte que tanto me dava prazer e confiança. Se tal significar sair da cama mais cedo um bocadinho todas as manhãs, pois seja. Primeiro está a maneira como me sinto e não vou deixar que a preguiça vença de novo.

Para começar 2018 em beleza, decidi recriar uma das minhas maquilhagens neutras preferidas, uma maquilhagem rosinha e clássica, perfeita para usar no dia-a-dia, inspirada num dos meus grandes ícones de estilo, a Audrey Hepburn. É de nível intermédio, só por causa de implicar o uso do eyeliner, mas é super rápida e, em 5 minutos apenas, consegue-se uma maquilhagem super bonita e camaleónica, pois combina com vários estilos.

1. A base …

O rosto é como uma tela em branco e como qualquer obra de arte precisa de uma boa base para que a maquilhagem seja perfeita. Para tal, eu como sempre apliquei o meu BB Cream Skin Perfecting da Avon True, apenas uma camada muito levezinha espalhada em movimentos circulares suaves por todo o rosto. Depois apliquei uma pinta do meu corretor Nude Matte Cream Concealer da Mark., na cor Fair, debaixo dos olhos para esconder as olheiras e com o dedo espalhei delicadamente, para que este cumprisse a sua função.

 

2. O contorno…

Sim, eu sou uma adepta dos contornos agora, tudo graças á descoberta do Hi Light Strobing Duo da Mark., que torna esta tarefa super fácil e à prova de totós. Apliquei o iluminador sobre o osso da maçã do rosto e com o dedo esbati-o levemente e apliquei o blush debaixo do osso da maçã do rosto de modo a atribuir uma certa profundidade e definição aos contornos do meu rosto, também este esbati ao de leve com a ponta do dedo, só para não ficar com linhas definidas, mas sim um degradé suave.

IMG_20180107_141313 (2)

 

3. As sobrancelhas…

Eu sei que digo sempre isto, mas eu adoro as minhas sobrancelhas e não consigo sair de casa sem as preencher e dar-lhes mais destaque. A sério, não dá mesmo. Nesta maquilhagem eu queria que elas ainda tivessem mais enfâse pelo que apliquei a mistura de dois tons de castanho, ambos da Estée Lauder, sendo que um é o habitual Chocolate Bliss Matte e o outro é o Lavish Mink Matte.

 

4. Os olhos…

Esta é a parte mais divertida de toda a maquilhagem e onde nós podemos brincar mais com as nossas hipóteses que são infindáveis. Para este look utilizei a minha palete de sombras Galaxy da Tanya Burr Cosmetics e o minha palete da Estée Lauder. Comecei por usar a sombra da Stormy Sky na cavidade junto ao osso e esbati para criar a base do meu ligeiro esfumado, depois utilizei as sombras Wild Sable and Hot Cinnamon para dar um toque mais brilhante sobre a primeira sombra e por fim apliquei o Moonlight por toda a minha pálpebra, conferindo-lhe um tom prateado muito suave com umas nuances rosadas.

Com as sombras terminadas apliquei o meu eyeliner numa linha suave contornando o olho desde o ponto interior do olho até ao ponto exterior. Não desenhei uma asinha, pois queria que o look fosse suave e não dramático. Depois de eyeliner corretamente aplicado, pois todas sabemos que esta parte pode ser um pouco complicada, usei a minha Spectralash Mascara da Mark., no nível 3 para que as pestanas tivessem mais corpo e volume.

 

5. Os lábios…

A verdadeira magia numa maquilhagem acontece quando a finalizamos com o uso do batom. Como este look era para ser camaleónico e fácil de usar no dia-a-dia, já para não falar que a minha inspiração era conhecida pelo lábio rosado um pouco glossy, decidi utilizar o meu batom da Avon True na cor Honey Flower.

Et voilá! Uma maquilhagem incrível inspirada num ícone de estilo incrível!

E tu? O que é que achaste desta maquilhagem?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close